Enxergar...

Ei, menina
Levanta essa cabeça e sorria
Seu sorriso é tão lindo
Vamos, respira
Você merece mais
Já te disse.
Para de chorar
Você vai se afogar.
Ei, me ouve
Não toma isso
Vai te matar
Eu sei, você quer
Mas não deve
Tem amor aí fora pra você...
Não, calma
Ele está ali
Ele é seu amor
Só enxergue
Enxuga os olhos
E sinta
Sei que você vai decidir certo
Saia de cima desse muro
Não compare
Não pese
Apenas vá
Você merece alguém que te ame por inteiro
Que te ajude a crescer
Que olhe pra você e sorria
Que veja que você é tudo
Lá fora
Há alguém
Só abra os olhos.
 
(A Sonhadora)

Sem...

Eu estou no lugar errado?
Não entendo essa sensação que estou sentindo
Estou chorando, e não sei o porquê
Ou talvez eu saiba
Mas não quero aceitar
Não quero ter que sofrer
Não quero que ninguém sofra
Eu só quero continuar do jeito que está
Infeliz?
Não...
Só em cima do muro
Com o coração dolorido
Meio abalado.
Só se passaram dois anos
E não posso mais sofrer
Não de novo
Não daquela forma
Não tão profundo.
No fundo...
Eu talvez não queria mudar
Está tão bom do jeito que está...
Essa mesmice
Essa rotina
Esse comodismo desgraçado...
Às vezes me sinto sendo puxada para o passado
Regredindo...
Cadê o meu crescer?
Cadê o livro que prometi escrever?
Não posso deixar para depois.
Não posso deixar minhas metas para trás.
Cadê o amor que eu desejei pra mim?
Cadê o futuro que eu planejei?
Roubaram de mim.
Roubaram a felicidade
E me deixaram a mercê
De um amor morno
Sem futuro
Sem carinho
Sem....
 
(A Sonhadora)

Ainda...

Eu sei
Nunca deveria ter te dado esperanças
Nunca deveria ter continuado a ser sua amiga
Mas não consegui.
Me perdoe.
Me perdoe por não fazer você desistir.
Nesse momento
Sou uma alma de tristeza e raiva.
Triste com nós.
Raiva de mim.
Eu deveria ter cortado o mal pela raiz, não deveria?
Deveria ter dito não, fique aí. Não venha atrás de mim.
Mas não o fiz.
Te quis perto.
Eu queria você.
E tive.
Estou com seu coração aqui.
Mas o meu não é seu.
Não ainda...
Nao. Não posso colocar o ainda.
Nem o talvez.
Não posso te prometer.
Eu quero.
Mas não quero.
É complicado.
Mas não quero que sofra.
O problema é...
Eu deveria ter dito adeus
Ao invés de até logo.
Não deveria ter deixado você ficar.
Mas eu deixei.
E estava feliz...
Mas agora meu coração dói.
E eu queria me arrepender de tudo.
Queria.
Mas não consigo.
Queria te cortar agora
Mas ia doer.
Porque tudo cresceu.
Demos flores
E cortá-las
Vai machucar.
Se dermos fruto, eu prometo
Vou amadurecer com você.

E se...?

E...
Se eu dissesse que decidi te amar
O que você faria?
Você daria um jeito de correr para os meus braços?
Ou só sorriria?
E...
Se eu quisesse te beijar agora
O que você faria?
Você viria voando para o meu lado?
Ou apenas sorriria?
E...
Se nesse momento
Eu quisesse me casar com você
Aonde eu poderia te encontrar?
E...
Se agora
Eu quisesse te amar
Tocar sua alma
Ouvir seu coração
O que eu faria?
Choraria?
Ou aceitaria que o mundo te levou?
Que você se afogou
Por culpa do amor
Por minha culpa
Por ter lhe dado tanta esperança ao seu amor
Até transbordar.

(A Sonhadora)

Afogar...

Dói
Dói porque a distância faz doer
Porque o amor machuca
Dporque eu não sou sua
Mas mesmo assim te queria aqui
Mesmo com seu coração sendo meu
E que talvez nunca fiquemos juntos
Dói
Porque eu te quero
Porque quero ouvir sua voz
E te fazer ouvir a minha
Porque você disse que te faz feliz.
E quero te fazer feliz
Mesmo que com pouco
Mas ta doendo
Porque a distância é má
Porque o tempo é curto
Porque o amor é muito
E transborda
Vamos nos afogar...

(A Sonhadora)

A Sonhadora

Ela tem várias versões
Mas no meio de todas elas
A que mais gosta
É a versão dos seus sonhos
Onde ela sai do seu mundo estúpido
E viaja para além da imaginação
Onde seus desejos viram realidade
Onde a tristeza não tem vez
Uma versão de mentiras
Mas que a faz feliz
Ela não é ela nesse momento
Ela é um mundo
Uma vida
Uma história
Uma alma
Uma Sonhadora...

(A Sonhadora)

Poder - Entidade 2

Ela vai te afogar no seu próprio desejo
Espera e verá
A qualquer momento você estará morto
E seu desejo mais vivo do que antes
Ela vai adorar
Como adora te tontear
Com pequenos beijos molhados
Com abraços quentes
Com aproximações tensas...
E você fica pra morrer
Sem poder passar a mão
Em cada curva do seu pequeno corpo
Mas é disso que ela agosta
Da sua luta diária
Do seu desejo profundo
Do poder que ela tem com você.

(A Sonhadora)

Sorriso - Entidade 1

Você não vê
Nem ela
Mas sente
Sempre sente
É inconsciente
Mas nem tanto
Ela sabe quando é má
Faz porque gosta de te magoar
Faz porque ela quer você só pra ela
Então te maltrata
Quer ver você submisso
Mas tem momentos em que quer a submissão...
Mas você deveria prestar mais atenção
Nesses sorrisos que tanto ama
Ela tem vários
E o que mais gosta
É o sorriso da maldade...

(A Sonhadora)

Distância...

Só queria dizer que eu sinto sua falta
E nessa hora poderíamos estar almoçando juntos
Eu estaria sorrindo para você
E passando a mão no seu cabelo
Com o intuito de fazer um carinho desastroso
Só pra você rir e fazer as expressões que me irritam.
Nesse momento poderíamos estar olho no olho
Daquela maneira que você tanto gosta...
Eu com um sorriso encantador
E você com cara de bocó.
Estaríamos felizes
Mesmo com a distância da alma que existe entre nós
Essa distância que não foi quebrada ainda
E que não dói tanto,
Quanto dói essa distância de nossos corpos...

(A Sonhadora)

Flutuar...

Só queria dizer que eu te amo.
Mas nesse eu te amo,
Tem tudo que eu posso oferecer
Tudo que você conseguiu sentir nesse pequeno tempo ao meu lado
Tudo que eu necessitava te dar
E mesmo que você não tivesse tudo que queria
Te dei tudo que podia.
Espero ter te feito feliz,
Muito feliz
Porque era essa a minha meta
Te dar sorrisos lindos
Te tirar do mundo
Te levar ao espaço...
Espero ter conseguido pelo menos metade disso
Espero mais ainda que você volte
E mesmo que seja menos tempo do que foi agora
Eu farei de tudo pra te tirar do chão...

(A sonhadora)

Dor do adeus...

Eu olhei para os passarinhos no meu teto
E corri para o banheiro pra chorar sozinha, quieta, debaixo do chuveiro
Enquanto a água caía sobre meus cabelos vermelhos
Eu soluçava à cada lembrança
À cada dia que passamos juntos
Você ainda não foi embora, mas vai
E mesmo que eu não deva sofrer antecipadamente, eu não consigo
Dói não saber que talvez você não volte
Dói saber que não terei mais seu abraço quente no final de todas as tardes
Dói saber que não sorrirei mais
Só para você me olhar daquele jeito besta que eu gosto
Quando você for eu vou chorar mais vezes debaixo do chuveiro
E desejar gritar seu nome
Com o desejo insconciente de que você voltará para mim.
Mas enquanto você não vai
Eu quero aproveitar cada minuto
Pois já sinto a dor do adeus...

(A Sonhadora)

Eu vi...

 Eu descobri o amor
Quando olhei em seus olhos
Vi sua alma
Vi o amor
O meu amor.
O amor que nasceu pra mim...
Então eu compreendi a sua loucura
Seus devaneios, desejos...
Seu querer.
Aceitei seu amor
Mas não peguei pra mim
Não por medo de enlouquecer ao seu lado
Mas por medo da dor
Por medo de te amar demais.
Mas se fosse fácil...
Eu iria embora com você.

(A sonhadora)

Reciprocidade...

Perdão.
Perdão pelo egoísmo do dia-a-dia.
Eu sei que o amor não é o mesmo.
Sei que dói. Dói muito.
Mas foi você quem escolheu ficar
Mesmo que a reciprocidade não fosse a mesma.
Sei que não escolhemos quem amar.
Não escolhemos a dor.
Não escolhemos nada que o destino traz.
Ele apenas traz...
Sem se importar com o que vai acontecer a você.
Mesmo que eu pudesse me afastar, me desligar de você, dizer não,
Não te amo, não posso permanecer na sua vida...
Eu decidi ficar.
E sorrir.
Mas fui egoísta.
Não me preocupei com você.
Apenas quis que você ficasse.
Eu queria te dar um pouco da felicidade que você merece.
Mas tudo só piorou.
Ficou profundo demais.
Louco demais.
Eu fiquei perdida.
Você transbordou tanto que me afoguei.
E morri.

 (A Sonhadora)

1 Minuto...

Ela sorriu.
Sorriu, mesmo que a morte estivesse a 1 minuto de tomar-lhe a vida,
Ela sabia que estava indo porque quis
Porque desejou isso
Porque, em nenhum momento, ela parou de pensar nessa possibilidade.

30 segundos.

Ela caiu no chão e conseguiu se virar.
Olhou pro teto e a sua volta.
Seu quarto com pôsteres e livros espalhados nas paredes.
Seus livros preferidos.
Ela sorriu.

20 segundos.

Tudo estava escurecendo, mas nada abalaria aquele momento grandioso.
Não digo que ela viu o ceifador na sua frente ou viu anjos...
Ela viu a felicidade.

10 segundos

Faltava pouco...
E foi nesse pouco que tudo se passou pela sua cabeça.
A sua vida....
Tão cheia de confusão mental
Tão cheia de dor
Tão cheia de amor...
Ah, foi todo esse amor que a fez ter esses pequenos segundos de felicidade.
Foi o amor que a fez cair no chão.
O amor.
Tão belo, tão incrível, tão poderoso.
Foi o amor que a matou.

1 segundo...

(A Sonhadora)