O adeus...


- “Ninguém aparece na sua vida por acaso...”
Foi essa frase que eu escrevi na nossa história.
Você esteve em minha vida por um propósito ou por alguns...
Mesmo assim eu vi que ter acabado com tudo era o correto.
Eu fiquei presa a você e isso me causou dependência.
Eu regressava à cada passo ao seu lado.
Não te odeio por isso. Tenho apreço por você.
Mesmo assim.
Eu tive que ir.
Eu tinha pessoas para amar.
Eu tive que te deixar.
Não foi um erro. Foi necessário.
Como eu estive na sua vida para te mostrar coisas que você não conhecia, não entendia.
E chegou ao fim.
Mas foi um fim para um novo começo.
Das duas partes.
Eu comecei a caminhar para frente.
Eu comecei a lutar.
Não sei da sua vida, nem ao menos desejo saber.
Agora você está no passado.
E mesmo que eu não queira me lembrar de nada, eu não me arrependo.
E espero imensamente que você esteja feliz.
Porque eu estou.
Não sou feliz por ter lhe deixado.
Sou feliz por mais um aprendizado que a vida me proporcionou.
Nós não fomos feitos para ficarmos juntos.
Nós ficamos juntos apenas para cumprir objetivos que a vida nos deu.
Após, cessa-se tudo.
Você causa o fim ou o destino te prega peças.”